Fundamentalismo



As informações que conseguimos compilar sobre Fundamentalismo foram cuidadosamente revisadas e estruturadas para torná-las tão úteis quanto possível. Você provavelmente veio aqui para saber mais sobre Fundamentalismo. Na Internet, é fácil se perder na confusão de sites que falam sobre Fundamentalismo e ainda não fornecem o que você quer saber sobre Fundamentalismo. Esperamos que nos informe nos comentários se você gostar do que leu sobre Fundamentalismo abaixo. Se as informações sobre Fundamentalismo que fornecemos não são as que você estava procurando, por favor nos informe para que possamos melhorar este site diariamente.

.

O fundamentalismo se manifesta por um compromisso com doutrinas radicais e de poucas matizes, geralmente religiosas, mas também seculares e até anti-religiosas.

usar

Esta palavra não se refere sistematicamente a fundamentalismos religiosos. Também é usado para designar uma concepção científica da existência ou um absolutismo nos campos filosófico, moral ou econômico. O fundamentalismo busca justificar uma concepção de mundo que responda a uma necessidade de segurança intelectual e existencial , reconhecimento de identidade ou para assegurar a prevalência de poder político, comunitário ou religioso.

O termo “fundamentalismo” vem do fundamentalismo cristão . Foi usado pela primeira vez nas reuniões da “Conferência Bíblica de Niágara” (1878-1897). Ele tomou o seu fundo protestante em desenvolvimento nos Estados Unidos no início do XX °  século pela distribuição de folhetos da Igreja Presbiteriana do Norte, que definiu os "fundamentos" do cristianismo, tal como previsto por esta Igreja ultraconservador.

Os vários fundamentalismos, portanto, têm como matriz as características gerais do fundamentalismo cristão, às quais devemos nos referir para compreendê-los como um todo. Por exemplo, pode-se observar um radicalismo da argumentação e uma hostilidade para com a opinião contrária; e uma heteronomia manifestada por declarações dogmáticas ou o uso de argumentos oficiais .

Referências

  1. Sébastien FATH, "FONDAMENTALISME", Encyclopædia Universalis [online], acessado em 4 de dezembro de 2015. URL: http://www.universalis.fr/encyclopedie/fondamentalisme/
  2. Pasquale, Frank. "Secularism & Secularity: Contemporary International Perspectives". Hartford, CT: Instituto para o Estudo do Secularismo na Sociedade e Cultura (ISSSC), 2007. p.  46 .
  3. Fabrice Hadjadj, Como falar de Deus hoje, Éditions Salvator, Paris, 2012, p. 41 e 42: “Nietzsche identifica o discurso sobre Deus com o discurso fundamentalista, ou seja, um discurso onde a palavra 'Deus' serve de varinha mágica, onde a fé exclui a razão, onde a redenção se opõe à criação e, portanto, onde Deus , autor da outra vida, torna-se o inimigo de Deus, autor do aqui abaixo. Os rivais são iguais. O ateu tem isso em comum com o fundamentalista: ele fala de Deus com muita facilidade. (…) E assim como o fundamentalista usa esse nome para todos os molhos, você (o fundamentalista ateu) o dedica a todos os demônios. Para o primeiro, basta dizer "Deus" e está tudo resolvido. Para o segundo, está tudo resolvido porque já não o dizemos (mas a cada vez temos que repetir que não devemos mais dizê-lo!) ”.
  4. Lemieux, Raymond, sociólogo das religiões, “Fundamentalismo com ou sem Deus”, Relações no 788. Janeiro-fevereiro 2017.
  5. Chris Hedges, America's New Fundamentalists, When Atheism Becomes Religion, Free Press, 2008.
  6. Scientism  " , Encyclopédie de l'Agora (acessado em 5 de março de 2016 )
  7. Vincent Cheynet, O choque do decrescimento  " , em http://www.seuil.com/livre-9782020972833.htm , Seuil, 228 p.,(consultado em 4 de março de 2016 )  :"" Todos os fundamentalismos, sejam políticos, religiosos ou científicos, têm uma matriz semelhante: consideram seus interlocutores não como oponentes essenciais e legítimos, mas como encarnações do Mal, inimigos. Existem fundamentalismos religiosos, esquerda, direito e mesmo ecológico ou decrescente Qualquer que seja sua tendência, os fundamentalismos são caracterizados pelo fato de que todos dão uma explicação "total" do mundo e da condição humana. Eles refutam qualquer idéia do desconhecido intangível nesta condição. Eles rejeitam em heresia aqueles que baseiam seu funcionamento na dúvida ". Citado em http://www.toupie.org/Dictionary/Fondamentalisme.htm  ".
  8. > Ron Mallon, "Naturalistic Approaches to Social Construction" , Twenty-Third Publications ( leia online )

    ““ Fundamentalismo Epistemológico: a. Acomodando a ciência: a maioria dos naturalistas contemporâneos considera a ciência um empreendimento de enorme sucesso e, portanto, outras afirmações de conhecimento devem ser coerentes com as descobertas de nossa melhor ciência ou explicar essas descobertas. [...] Porque os naturalistas estão tipicamente comprometidos com a ciência como uma via central e infalível de conhecimento sobre o mundo (ou seja, alguma variedade de fundamentalismo epistêmico), os naturalistas vão querer explicar como isso pode ser se, como os construcionistas sociais sobre representações científicas observam, a observação empírica está carregada de teorias e as próprias teorias científicas estão sujeitas a enormes influências sociais. ""

  9. Ernest Gellner, Postmodernism, Reason and Religion, Londres e Nova York, 1992, pp. 80 e segs., ( ISBN  0-203-41043-2 )
  10. George Soros ataca o" fundamentalismo de mercado  " , na Zona Bourse ,(acessado em 4 de março de 2016 )
  11. BARR, James, Old and New Interpretation, London, SCM Press Ltd, 1964, p.  205-206 . “Parece que todas as formas de tradição religiosa ou expressão teológica são capazes de se transformar em uma espécie de segurança humana da autoridade que essas formas implicam, e em um instrumento pelo qual os homens tentam justificar e perseguir seu desejo de poder. Nenhum princípio ou fórmula será capaz de fazer aqui as discriminações necessárias. »(Traduzido por Luc Chartrand, A Bíblia ao pé da carta, O fundamentalismo questionado, Mediaspaul, 1995, p.  68 )
  12. Arkoun Mohammed, Baubérot Jean, Drai Raphaël, Smyth-Florentin Françoise . Debate com Mohammed Arkoun, Jean Baubérot, Raphaël Drai e Françoise Smyth-Florentin . In: Other Times. Os cadernos do cristianismo social. N o  38, 1993. p.  64-77 . http://www.persee.fr/web/revues/home/prescript/article/chris_0753-2776_1993_num_38_1_1585  : “Existem religiões dentro da mesma denominação […]. A identidade é o local da decisão crítica; [...] Podemos falar também de fundamentalismo bíblico sempre que nas nossas próprias Igrejas, ou à sua periferias, se lê o Evangelho, não numa perspectiva de dinâmica libertadora - dinâmica que não pode prenunciar o estado do sujeito no final da sua leitura - mas, ao contrário, em uma perspectiva adequada para salvaguardar ao máximo a identidade do leitor. O Livro serve assim para aumentar o pólo de identidade religiosa ou o pólo de identidade no religioso; "
  13. Marty, M. e Appleby, RS, “Conclusão: Um Relatório Provisório sobre uma Família Hipotética”, Coletivo. The Fundamentalism Project, Fundamentalisms Observed, The University of Chicago Press, 1991, Chicago, Londres, p.  826 .
  14. Luc Chartrand, The Bible at the foot of the letter, The fundamentalism questioned, Mediaspaul, 1995, p. 20: “A partir daquele dia, os fundamentalistas constituem uma entidade social reconhecível e organizada. Esta primeira organização visa acima de tudo se opor ao que comumente se chama modernismo ” .
  15. Marsden, George M., Fundamentalism and American Culture, (1980) Oxford University Press, Oxford p. 117
  16. André Gounelle , Vocabulário Teológico: O teólogo protestante André Gounelle discute o fundamentalismo da seguinte maneira: "O fundamentalismo se opõe à crítica, no sentido próprio da palavra, ou seja, à distinção, ao discernimento, à classificação" ( leia online )

Veja também

Esperamos que as informações que coletamos sobre Fundamentalismo tenham sido úteis para você. Se for o caso, não se esqueça de nos recomendar a seus amigos e familiares, e lembre-se que você pode sempre nos contatar se precisar de nós. Se, apesar de nossos melhores esforços, você acha que o que fornecemos sobre _título não é totalmente exato ou que devemos acrescentar ou corrigir algo, ficaríamos gratos se você nos avisasse. Fornecer as melhores e mais completas informações sobre Fundamentalismo e qualquer outro assunto é a essência deste website; somos movidos pelo mesmo espírito que inspirou os criadores do Projeto Enciclopédia, e por esta razão esperamos que o que você encontrou sobre Fundamentalismo neste website o tenha ajudado a expandir seu conhecimento.

Opiniones de nuestros usuarios

Davi Martins

Às vezes, quando você procura informações na internet sobre algo, encontra artigos muito longos que insistem em falar sobre coisas que não lhe interessam. Gostei deste artigo sobre Fundamentalismo porque vai direto ao ponto e fala exatamente sobre o que eu quero, sem se perder em informações Inútil.

Vicente Brandao

O artigo sobre Fundamentalismo está completo e bem explicado. Eu não adicionaria ou removeria uma vírgula.

Josefa De Castro

Acho muito interessante a forma como esta entrada em Fundamentalismo está escrita, lembra-me dos meus anos de escola. Que tempos bonitos, obrigado por me trazer de volta a eles.

Rita Da Fonseca

Finalmente um artigo sobre Fundamentalismo fácil de ler.