Finlândia



As informações que conseguimos compilar sobre Finlândia foram cuidadosamente revisadas e estruturadas para torná-las tão úteis quanto possível. Você provavelmente veio aqui para saber mais sobre Finlândia. Na Internet, é fácil se perder na confusão de sites que falam sobre Finlândia e ainda não fornecem o que você quer saber sobre Finlândia. Esperamos que nos informe nos comentários se você gostar do que leu sobre Finlândia abaixo. Se as informações sobre Finlândia que fornecemos não são as que você estava procurando, por favor nos informe para que possamos melhorar este site diariamente.

.

República da Finlândia

(fi)  Suomen tasavalta 

(sv)  Republiken Finlândia 

Bandeira
Bandeira da Finlândia .
Brazão
Brasão de armas da Finlândia .
Hino em finlandês  : Maamme ( em sueco  : Vårt land , "Nosso país")
Feriado nacional 6 de dezembro
Evento comemorado Declaração de Independência ()
Descrição desta imagem, também comentada abaixo
A República da Finlândia na Europa (a União Europeia em verde claro).
Descrição da imagem Map of Finland.png.
Administração
Forma de estado República parlamentar
Presidente da republica Sauli Niinistö
primeiro ministro Sanna Marin
Parlamento Eduskunta
Línguas oficiais Finlandês e sueco
Capital Helsinque

60 ° 10 ′ N, 24 ° 56 ′ E

Geografia
A maior cidade Helsinque
Área total 338 145  km ao 2
( classificados 65 th )
Superfície da água 9,4%
Fuso horário UTC +2
História
Independência do Conselho de Comissários do Povo ( Rússia Soviética )
Datado
Guerra de inverno
A adesão da Finlândia à União Europeia
Demografia
Legal finlandês
População total (2018) 5.522.015  hab.
( Nº 109 º )
Densidade 16 hab./km 2
Economia
PIB nominal ( 2014 ) aumentando271.165 mil milhões de dólares
+ 1,07% ( 41 ° )
PIB (PPP) ( 2014 ) aumentando221,038 bilhões de dólares
+ 1,34% ( 59 th )
PIB nominal per capita. ( 2014 ) aumentando49 496,717  USD
+ 0,57% ( 19 ° )
PIB (PPC) per capita. ( 2014 ) aumentando40 346,972  USD
+ 0,84% ( 26 ° )
Taxa de desemprego ( 2014 ) Aumentar Negative.svg8,642% da pop. ativo
+ 6,14%
Dívida pública bruta ( 2014 ) Nominal:
Aumentar Negative.svg 121,647 bilhões de euros
+ 8,05%
Relativo:
Aumentar Negative.svg 59,627% do PIB
+ 6,98%
HDI ( 2017 ) em estagnação0,920 (muito alto; 12 e )
Mudar Euro ( EUR​)
Vários
Código ISO 3166-1 FIN, FI​
Domínio da Internet .fi
Código de telefone +358
Organizações Internacionais Bandeira das Nações Unidas ONU  :
Bandeira do conselho nórdicoConselho Nórdico  :
Bandeira: Europa EU  :

A Finlândia (em finlandês  : Suomi  ; em sueco  : Finlândia ), oficialmente a República da Finlândia (em finlandês  : Suomen tasavalta  ; em sueco  : Republiken Finlândia ), é um país do Norte da Europa , membro da União Europeia desde 1995 .

A Finlândia é banhada pelo Mar Báltico , mais precisamente pelo Golfo da Finlândia ao sul e pelo Golfo de Bótnia a oeste e sudoeste. Seu território se estende em ambos os lados do Círculo Polar Ártico, na parte oriental da Fennoscandia , o que o torna um país nórdico totalmente fora da Escandinávia . Composta por mais de 3.000  lagos e inúmeras ilhas , incluindo as do Autónoma Arquipélago de Åland , que ocupa um total de área de 338.145  km 2 entre Noruega ao norte, a Rússia , a leste e Suécia. Norte-noroeste, e é um dos os maiores países da União Europeia .

Esta área geográfica, sujeita a um clima rigoroso durante o inverno, é principalmente uma zona de taiga . Os 5,5 milhões de habitantes identificados pela demografia nacional conferem ao país uma das mais baixas densidades populacionais de toda a União Europeia. Principalmente localizado no sul do país, em particular no sul da costa , onde o capital social , Helsínquia , está localizado , mas também os outros populosos maioria dos municípios , ou seja, Espoo e Vantaa , que são agrupados dentro da Região Capital ou Grande Helsínquia , finlandeses têm duas línguas oficiais , finlandês e sueco . Depois da área urbana de Helsinque, a segunda maior cidade da Finlândia é Tampere , localizada a cerca de 180 quilômetros ao norte de Helsinque.

Enriquecida pelas contribuições dos aborígenes mitologia frutífera, no Sami , ou por povos indígenas da província norte de Lapland , e embora tenha claramente ocidentalizada na segunda metade do XX °  século , como resultado de uma reconversão bem sucedida de sua economia (centrado na silvicultura , depois na metalurgia e por último na eletrónica ), a cultura nacional privilegia sempre um certo despojamento material, do qual o sisu e a sauna são símbolos seguros, bem como uma cultura do silêncio . As raízes culturais, lingüísticas e genéticas da Finlândia, bem como sua herança como um país de origem fino-úgrica influenciada pela cultura escandinava germânica , são compartilhadas com a Estônia , o vizinho ao sul da Finlândia.

Há muito tempo sob o domínio do vizinho sueco, sob cujo reinado foi fundada a primeira capital, Turku , a Finlândia continua marcada pelos muitos conflitos que a opuseram ao longo de sua história recente à Rússia , potência imperialista da qual se tornou grande. ducado autônomo em 1809 , e do qual não ganhou sua independência até 1917 . No ano seguinte, uma sangrenta guerra civil no país, seguida de duas guerras contra a URSS durante a Segunda Guerra Mundial e, finalmente, por uma longa tutela indireta soviética durante a Guerra Fria , conhecida como "  Finlandização  ". Em cada guerra, o exército da República da Finlândia era liderado por Carl Gustaf Emil Mannerheim , Marechal da Finlândia.

No entanto, essas convulsões não impediram o estabelecimento de uma república estável , cujas conquistas muitas vezes são apresentadas como modelos, e isso em muitas áreas, incluindo meio ambiente e qualidade de vida . A política nacional gira em torno de um presidente , Sauli Niinistö , um parlamentar unicameral , o Eduskunta e um governo liderado pelo primeiro-ministro , atualmente Sanna Marin . O Grão-Ducado da Finlândia , então parte do Império Russo , foi o primeiro estado na Europa a conceder o direito de voto às mulheres, bem como o primeiro no mundo a torná-las elegíveis nas mesmas condições que os homens. Em 2009, o estudo Legatum Prosperity classificou a Finlândia em primeiro lugar por seu desempenho econômico e qualidade de vida.

A Finlândia experimentou um forte período de recessão no final dos anos 2000, em parte relacionado ao enfraquecimento de sua indústria eletrônica (como a queda da Nokia ), a recessão de seu vizinho russo e uma crise na indústria florestal. A economia do país, no entanto, se recuperou em meados da década de 2010.

Geografia

Geografia física

Geologia e relevo

A paisagem finlandesa é plana na parte sudoeste e nas vastas planícies costeiras de Ostrobothnia, mas é montanhosa com colinas no centro e no leste. A Lapônia é montanhosa em alguns pontos, mas geralmente formada por áreas grandes e razoavelmente planas. O ponto mais alto é o Monte Ridnitsohkka  1317,1  m  acima do nível do mar, que fica na ponta noroeste da Lapônia , perto da fronteira com a Noruega e a Suécia. A Finlândia é um país com milhares de lagos (a maioria dos quais se comunicam) e ilhas (187.888 lagos e 179.584 ilhas). Um desses lagos, o Saimaa , é o quinto maior da Europa . Ao lado dos muitos lagos, a paisagem é dominada pela floresta boreal (cerca de 68% do país) e relativamente pouca terra arável. A maioria das ilhas fica no sudoeste, no arquipélago de Åland e ao longo da costa sul do Golfo da Finlândia .

O leito rochoso da Finlândia é formado principalmente por rochas pré-cambrianas do Escandinavo Escandinavo ( gnaisse , granito e xisto ). O relevo da Finlândia foi formado há cerca de um bilhão de anos, tanto que hoje está muito erodido e não muito marcado. Apenas algumas cúpulas de quartzito foram relativamente resistentes à erosão e formam as raras colinas do país.

A paisagem atual é marcada principalmente por glaciações . 10.000 anos atrás, as geleiras cobriram toda a Finlândia: carregaram pedras e deixaram, em retrocesso, vastas morenas , que por sua vez foram erodidas pelo degelo. As paisagens apresentam formas típicas de paisagem glacial: rochedos de ovelhas , drumlins e eskers . Em torno de morenas, como Suomenselkä no oeste, ou Salpausselkä no sul, a espessura dos depósitos de sedimentos glaciais pode, em alguns lugares, exceder 100 m . O derretimento das geleiras deu origem ao Lago Ancylus , ancestral do atual Mar Báltico, e cobriu grande parte do país. O lago foi aberto há 7.000 anos para o Mar do Norte . A redução do nível das águas, combinada com a elevação isostática , deu ao longo dos séculos seguintes o relevo atual do país. No interior, a água do degelo das geleiras afogou os acidentes geográficos e preencheu antigas falhas , dando origem aos inúmeros lagos da Finlândia. O processo de elevação do alívio continua até hoje: a costa de Pohjanmaa se eleva 8 mm / ano acima do Mar Báltico. As inundações acontecem quase todas as primaveras, pois os rios não têm um canal de fluxo natural formado para a costa e a água do degelo pode fluir livremente por todo o país. Nos últimos séculos, algumas cidades, como Pori e Vaasa , foram reconstruídas vários quilômetros mais a oeste, pois seus portos secaram.

O tipo de sedimento mais comum no solo é o tilito , que é um legado das glaciações. Como giz ou mármorepodem ser encontrados em locais isolados na Finlândia, os depósitos glaciais costumam ser pobres em calcário, e é por isso que eles tornam os solos sujeitos à acidificação. Nas depressões do relevo, formadas durante a fase do Lago Ancylus e a formação do Báltico, os sedimentos glaciais são frequentemente recobertos por sedimentos marinhos, enriquecidos com carbonatos. Esses solos argilosos, combinados com o clima ameno, concentram o cultivo de cereais nas costas oeste e sul da Finlândia; porque no interior do país os solos não são muito favoráveis ​​à agricultura devido à sua acidificação e fossilização  : devem ser calados , sendo os principais recursos calcários fornecidos pelas pedreiras de Pargas , Lohja e Lappeenranta .

Embora as minas de ferro da Finlândia estejam virtualmente esgotadas, ainda existem depósitos significativos de cobre , níquel , zinco e cromo . Na década de 1860 , a descoberta de quartzo com ouro no vale Kemijoki desencadeou uma verdadeira corrida do ouro na Lapônia. Os rios da Lapônia ainda estão em uso, seja pela extração de ouro ou por lixiviação industrial: um importante veio é encontrado em Pahtavaara, perto de Sodankylä . Os outros placers estão espalhados pelo interior do país: recentemente, em 1996, um veio estimado em 50 toneladas de ouro foi descoberto perto de Kittilä . A Finlândia também é o maior exportador de talco da Europa. Essa rocha, amplamente utilizada na indústria de celulose , é extraída em grandes quantidades em Sotkamo e Polvijärvi . Outros minerais de interesse industrial extraídos na Finlândia incluem volastonita , dolomita , apatita , quartzo e feldspato .

Clima

O clima do sul da Finlândia é continental . No norte da Finlândia, particularmente na Lapônia , o clima subártico domina, caracterizado por invernos às vezes muito frios (que podem cair para -40  ° C ). No Sul e no Sudoeste, os invernos podem ser rigorosos, dependendo do ano. A cobertura de neve, em qualquer caso, é mais irregular do que no norte da Finlândia. No Verão, as temperaturas podem, por vezes, levantar-se até 30  ° C . A Finlândia também é um país com poucas chuvas: 400 mm de chuva na Lapônia e no leste da Carélia, 550 a 700 mm no sudoeste.

Natureza

Um tunturi em Inari , Lapônia.

Existem 42.000 espécies diferentes de animais e plantas na Finlândia, incluindo 65 espécies de mamíferos. Se a biodiversidade é menor do que na Europa Central, as áreas virgens fornecem habitat para muitas espécies que se tornaram raras no resto do continente.

Na Finlândia, a tradição do direito de acesso à natureza ( jokamiehenoikeus em finlandês, Allemansrätten em sueco) permite que qualquer indivíduo, sob certas condições, visite livremente áreas naturais: é permitido em particular colher frutos silvestres , cogumelos ou pesca à linha; a caça e a pesca também são atividades muito comuns, pois 6% dos finlandeses possuem licença de caça.

Flora e Vegetação

A Finlândia é o país com mais florestas da Europa: 86% da área do país é coberta por florestas. Mas a vegetação é ordenada de norte a sul em três zonas de vegetação contrastantes: a maior parte do país é coberta pela floresta boreal , que se caracteriza por um domínio de coníferas, um período vegetativo curto e solos pobres, nos quais o crescimento das árvores é lento e variedade de flores é baixa. As espécies dominantes são o pinheiro (50%) e o abeto (30%); a madeira de lei mais representada é a bétula (16,5%). O solo está coberto de mirtilos e musgo , que mais ao norte dão lugar a líquenes .

A floresta mista é encontrada apenas ao longo da costa sudoeste e nos poucos recifes espalhados ao largo da costa. Existem algumas espécies exclusivas da Finlândia, como o carvalho . A Lapônia setentrional é essencialmente deserta; apenas algumas bétulas famintas encontram crescimento. As colinas estão cobertas de tundra .

Um terço da Finlândia estava originalmente coberto por turfeiras  : nos últimos séculos, metade foi drenada para a agricultura. Existem apenas algumas turfeiras ombrotróficas ao sul  ; mais ao norte, eles são pântanos de aapa . A maioria dessas turfeiras são florestas ciliares .

Animais selvagens

De renas no noroeste da Lapônia.

Apesar da caça intensa, as renas ainda são abundantes na Finlândia e, embora um terço do rebanho seja abatido a cada ano, a população permanece em torno de 100.000 indivíduos. Esses animais representam um perigo real para os motoristas porque os choques costumam ser fatais. No norte do país, o animal é onipresente: cerca de 200.000 renas são semi-domesticadas e vagam soltas o ano todo; no final do outono, os criadores reúnem o rebanho e selecionam os indivíduos para o abate. As florestas de renas é muito mais raro: uma vez comum em toda a Finlândia, ele havia desaparecido no final do XIX °  século  ; na década de 1950, uma pequena população migrou da Rússia para Cajania e Carélia do Norte . Os cervos importados em grandes quantidades para a América, são aclimatados no Sul e no Oeste.

A renovada prosperidade das populações de predadores deve muito às medidas tomadas pelas autoridades nos últimos anos; hoje existem mais de 1.000  ursos pardos e linces e mais de 200 lobos . Em alguns locais, tivemos que reautorizar a caça de alguns desses animais por um determinado período de tempo. Resta na Lapônia uma população de 150 carcajus . A raposa do Ártico já foi difundido em todo o país, mas a atividade dos caçadores quase dizimado no início do XX °  século . A raposa vermelha sempre foi perene, mas nas últimas décadas enfrentou a concorrência do cão-guaxinim , que veio da Rússia.

A Pusa hispida saimensis  ( foca anelada) está confinada aos lagos Saimaa . Esta rara variedade de foca de água doce só poderia ser salva com a adoção de medidas fortes e simboliza a proteção da Natureza na Finlândia. O esquilo voador siberiano , que para a União Europeia só existe na Finlândia e na Estónia, também beneficia de medidas específicas.

A avifauna da Finlândia compreende 430 espécies , incluindo a águia dourada , a águia , gallinaceae como o tetraz , o galo urze , perdiz e lagópode e, finalmente, uma infinidade de palmípedes. O cisne bravo , devido ao lugar que ocupa na mitologia nórdica , é o emblema animal finlandês. Essa espécie, também, só poderia ser salva da extinção com a adoção de leis severas: dos 15 casais registrados na década de 1950 , nasceram os atuais 1.500 casais.

Rede Natura 2000 Europeia

A rede Natura 2000 reúne sítios naturais ou semi-naturais da União Europeia com grande valor patrimonial, a fauna e a flora excepcionais que contêm.

Em dezembro de 2018, a Finlândia tinha 1.866 locais, incluindo:

A área total é de 50.636  km 2 , o que representa 12,6% da superfície terrestre e marítima do território da Finlândia.

Mapeamento dos sites Natura 2000 da Finlândia

Geografia Humana

Divisão administrativa

A Finlândia está subdividida em 19 regiões , 70 sub-regiões e 320 municípios .

Cidades

Principais cidades da Finlândia (2013)
Classificação Sobrenome Região População
1 Helsinque Uusimaa +638.523,
2 Espoo Uusimaa +278.461,
3 Tampere Pirkanmaa +222 767,
4 Vantaa Uusimaa +217.653,
5 Oulu Ostrobótnia do Norte +201 210,
6 Turku Sudoeste da Finlândia +185.546,
7 Jyväskylä Finlândia Central +133.687,
8 Kuopio Savônia do Norte +105.229,
9 Lahti Päijät-Häme +103.187,
10 Kouvola Vale Kymi +87 331,

Economia

A Finlândia é a pátria da Nokia , ex-número um mundial em telefonia móvel, bem como de muitas outras grandes empresas, por exemplo: Kone , Outokumpu , Rautaruukki , Amer Sports , Fiskars , UPM-Kymmene , Stora Enso , Patria , F- Secure , TietoEVRY , Nautor's Swan  (sv) , Marimekko , VR-Yhtymä Oy ...

A força de trabalho finlandesa chega a 2,66 milhões (2004). É dividido nas seguintes categorias: serviço público 32%, indústria 22%, comércio 14%, finanças e serviços 10%, agricultura e silvicultura 8%, transportes e comunicações 8%, construção 6%.

Em 2004, a taxa de desemprego era de 8,8% (2004). Subiu para 7,7% em 2006, antes de chegar a 6,0% em abril de 2008. Posteriormente, a taxa de desemprego subiu para 8,9% em novembro de 2009 e voltou para 7,2% em novembro de 2011.

A Finlândia é um dos 12 países que adotaram o euro em.

A Organização das Nações Unidas, através do cálculo do IDH (medida sintética do nível de desenvolvimento dos países) coloca a Finlândia na nona posição mundial em 2007.

A dívida pública da Finlândia dobrou entre 2008 e 2015, de 32% para 64% do PIB.

Em 2015, a diferença na expectativa de vida entre graduados e não graduados era de 5 anos na Finlândia

Em 2016, o governo alterou o código do trabalho com o objetivo de aumentar a competitividade das empresas. Os salários dos funcionários públicos são reduzidos durante os feriados, as horas extras e os domingos são pagos menos e as contribuições sociais dos funcionários são aumentadas. Por outro lado, as contribuições dos empregadores são reduzidas.

Transporte

História

Pré-história

“Finlândia e Norte da Sibéria” foi povoada inicialmente por caçadores-coletores . Eles passaram seus genes para a era moderna. O grupo se estende da Lapônia, no leste, até a Groenlândia. Embora geneticamente variadas, essas populações possuem uma assinatura genética que na maioria das vezes as liga aos povos finlandeses.

Eles são descendentes dos caçadores-coletores que resistiram à pressão dos fazendeiros. Eles se adaptaram e prosperaram em uma nova era. Muito parecido com a expansão de Bering, este grupo transcende as divisões convencionais, mostrando conexões claras com o leste e o oeste. Até a América está ligada ao grupo “Finlândia e Norte da Sibéria”, pelo seu parentesco com a antiga Sibéria.

Os humanos só se estabeleceram no Extremo Norte há 30.000 anos, onde nenhum Neandertal se aventurou. Mantendo conexões de longo prazo com as populações do Sul, os povos do Extremo Norte mantiveram sua coerência após o fim da glaciação. O grupo “Finlândia e Norte da Sibéria” encontra-se entre os caçadores-pescadores Saami, com contribuições dos Urais, russos, suecos e até escandinavos.

Domínio sueco e depois russo

Um Hakkapelite em um selo postal de 1940.

A Finlândia é durante os Idade Média ao início do XIX °  século, parte do Reino da Suécia . No entanto, a delimitação exata de suas fronteiras particularmente setentrionais é objeto de uma lenta evolução, marcada pelo equilíbrio de forças entre as várias potências vizinhas, por vezes aliadas da Dinamarca , Noruega , Rússia e Suécia .

Ficou sob a soberania da Rússia de 1809 a 1917 como um Grão-Ducado autônomo. Várias guerras entre esses dois países aconteceram na Finlândia, em particular onde a fortaleza sueca de Suomenlinna (Sveaborg em sueco) está localizada, na entrada de Helsinque . Este período abre o início da construção de uma identidade nacional finlandesa.

Também evidenciado pelo "Livro de Ouro do Báltico", um refúgio natural feito de ilhotas rochosas nas imediações de Hanko (Hangö), onde muitos marinheiros, que foram para a guerra contra os russos, deixaram um rastro gravado de sua passagem. na rocha.

Finlândia independente

O , durante os eventos revolucionários russos, Finlândia obtém sua independência , como seus vizinhos Bálticos . Em 1918 , uma guerra civil dilacera o país e termina com a derrota dos "vermelhos" apoiados pela Rússia Soviética .

O , a União Soviética ataca a Finlândia durante a Guerra de Inverno após divergências territoriais sobre ilhas no Golfo da Finlândia; Moscou está até tentando instalar um regime fantoche lá, a República Democrática da Finlândia . A Finlândia consegue enfrentar o Exército Vermelho muito melhor do que o esperado , o conflito levando a um tratado de paz em 1940: a URSS anexou o istmo da Carélia , mas desistiu de invadir o resto da Finlândia. O ataque à URSS pela Alemanha nazista em 1941 ( Operação Barbarossa ), coloca a Finlândia na posição de um aliado de fato do Eixo (lutando contra a URSS por diferentes razões). Os finlandeses vão para a ofensiva ( Guerra de Continuação ), mas se o início for vitorioso, as sucessivas derrotas da Alemanha e uma vasta ofensiva soviética lançada na Carélia os levam a assinar uma paz separada com a URSS em 1944 , o que desta vez coloca o Exército finlandês ao lado dos Aliados . Depois de ter dado um ultimato à Wehrmacht para se retirar do território, de acordo com o tratado de paz, a Finlândia ataca os alemães que a fazem pagar por esta "facada nas costas" com pesadas perdas: o país sai arruinado e devastado por isso guerra. Este compromisso dá frutos, porque embora deva, depois da guerra, pagar pesadas reparações à URSS após o Tratado de Paris de 1947 , a Finlândia, ao contrário de seus vizinhos bálticos, pelo menos salva sua independência. Ela argumenta que sua luta foi motivada pelo desejo de recuperar os territórios perdidos em 1940 e que ela não ajudou o exército alemão a cercar permanentemente Leningrado durante o inverno de 1941.

Foi então submetido a uma política estrita de neutralidade durante a Guerra Fria (proibição de aderir à OTAN, permitir tropas ocidentais ou sistemas de defesa em seu território, proibição de livros ou filmes anti-soviéticos,  etc. ), marcada pela influência que a URSS exerce sobre a política externa finlandesa. No Ocidente, esse estado de submissão será denominado "  finlandização  ".

Durante a maior parte desse período, o presidente Urho Kekkonen , cuja personalidade deixou uma marca duradoura na Finlândia, “reinou” com notável longevidade.

Em 1995 , a Finlândia aderiu à União Europeia . Adotou o euro como moeda em 2002.

Política

O Eduskunta ou Riksdag (Parlamento Finlandês) em Helsinque .

A Finlândia é uma democracia parlamentar. O Presidente da República, eleito por sufrágio universal direto , tem poderes significativos, mas atualmente desempenha um papel menos marcante na vida política do que há vinte anos. O governo ( valtioneuvosto em finlandês ou statsrådet em sueco) é chefiado pelo Primeiro-Ministro, eleito pelo parlamento e nomeado pelo Presidente da República. O governo é composto pelo Primeiro-Ministro, pelos vários ministros do governo central e por um membro ex officio, o Chanceler da Justiça.

O parlamento unicameral ( Eduskunta em finlandês ou Riksdag em sueco ) consiste de 200 deputados e, constitucionalmente, tem a autoridade legislativa suprema na Finlândia. Ele pode mudar a constituição , remover o governo e contrariar os vetos presidenciais. Seus atos não podem ser contestados judicialmente. As leis podem ser propostas pelo governo ou por um dos membros do parlamento, eleitos por sufrágio proporcional por um período de quatro anos.

O sistema judicial inclui tribunais superiores que julgam processos civis e criminais, tribunais de recurso e um Supremo Tribunal. O contencioso administrativo é da responsabilidade dos tribunais administrativos, dos tribunais administrativos de recurso e do Supremo Tribunal Administrativo. Certas jurisdições administrativas específicas são responsáveis ​​por lidar com disputas, por exemplo, no campo da água.

O Parlamento, desde que o sufrágio universal foi estabelecido em 1906 (inclusive para as mulheres), tem sido dominado pelo Partido do Centro (antigo Partido Agrário), pelo Partido Social Democrata da Finlândia e pelo Partido da Coalizão Nacional . Pode-se notar que o espectro político foi mais marcado pela influência de correntes anti-socialistas (no sentido soviético) do que em outros países semelhantes que tiveram menos contato com a URSS .

A Constituição e o seu lugar no sistema judicial são únicos, na medida em que não existe Tribunal Constitucional e o Supremo Tribunal não pode intervir sobre uma lei apenas a pretexto da sua inconstitucional. O valor constitucional de uma lei depende de uma simples votação parlamentar. Os únicos outros países europeus que não têm um órgão constitucional supremo são os Países Baixos , a Suíça e o Reino Unido (este último sem constituição escrita, que se baseia em tradições, precedentes, jurisprudência e um número limitado de leis quase constitucionais).

A Finlândia é um país neutro desde 1955 e não faz parte da OTAN , mas está a desenvolver um programa de interoperabilidade das suas forças com as da OTAN.

Demografia

Evolução da demografia entre 1961 e 2013 (figura da FAO , 2005). População em milhões de habitantes.
  • População: 5.400.500 habitantes (final de 2011)
  • Repartição por grupos de idade  : 0-14 anos  : 18%; 15- 64 anos  : 66,97%; Acima de 65  : 15,03%
  • Expectativa de vida masculina: 74 anos (em 2001)
  • Expectativa de vida das mulheres: 81 anos (em 2001)
  • Taxa de crescimento populacional: 0,16% (em 2001)
  • Taxa de natalidade: 10,69  (em 2001)
  • Taxa de mortalidade: 9,75  (em 2001)
  • Taxa de mortalidade infantil: 3,79  (em 2001)
  • Taxa de fertilidade: 1,4 filhos / mulher (em 2019)
  • Taxa de migração: 0,61  (em 2001)

línguas

As línguas oficiais do país são finlandês e sueco .

O finlandês é uma língua aglutinante pertencente à família das línguas fino-úgricas , que também inclui as línguas estoniana , sami e, em menor medida, o húngaro , a língua ural-altaica . Essas línguas se distinguem de outras línguas faladas na Europa porque, como o basco , não são indo-europeias .

Os fundamentos da escrita finlandesa foram codificados por Mikael Agricola , arcebispo de Turku , que escreveu um livro do alfabeto em 1543.

As palavras “finlandês” e “finlandês” são freqüentemente usadas de forma intercambiável no francês do dia-a-dia para designar o idioma. O uso mais comum em francês é distinguir entre os dois termos:

  • o termo "finlandês" é usado para designar realidades histórico-etnológicas e pode ser usado para falar do povo e da língua: pode-se falar da " língua finlandesa", pode-se falar dos "antigos finlandeses" (que ocuparam gradualmente de -500 o território da atual Finlândia), pode-se “falar finlandês”, e  assim por diante. Por outro lado, não podemos dizer hoje que a Finlândia é povoada por finlandeses, porque este termo se refere a uma realidade diferente da demográfica;
  • os termos "Finlândia" e "finlandês" referem-se a um estado que nasceu como tal em 1917 e à nacionalidade da população.

A Finlândia tem uma grande maioria de falantes de finlandês (cerca de 91,5% da população, cf. Demografia da Finlândia ), mas também uma minoria de língua sueca (cerca de 300.000 pessoas; mas 46,6% da população pode falar sueco em 2008), e um Sami - minoria falante (lapões). Estima-se que existam atualmente 1.500 falantes da língua Sami na Finlândia. Há também uma minoria cigana relativamente grande (quase 10.000 pessoas). Há, portanto, na Finlândia finlandeses falantes de finlandês e sueco de origem finlandesa (nem todos os falantes de sueco são descendentes de suecos), outros de origem sueca ou finlandesa (ex-suecos que mudaram de idioma), Sami de língua finlandesa ( que perderam o conhecimento de Sami).

Os nomes de muitas cidades ao longo da costa são expressos em ambas as línguas; portanto, de Helsinque (Helsingfors), Turku (Åbo) ou Tampere (Tammerfors), por exemplo. A sinalização rodoviária bilíngue também está presente em muitos municípios.

O inglês também está muito presente, como segunda, ou mesmo terceira língua, para grande parte da população, dado o alto nível de escolaridade da população, principalmente nas áreas urbanas, e entre os mais jovens. Em 2011, cerca de 90% dos finlandeses tinham algum conhecimento ou eram fluentes em inglês, aproximadamente o dobro dos finlandeses que falam sueco.

A Finlândia foi uma província russa (Grão-Ducado) entre 1809 e 1918. Cerca de 200.000 finlandeses falam russo; O russo continua sendo uma língua universitária . Russo continua a ser a língua materna de cerca de 5.000 finlandeses, que são em sua maioria descendentes de russos ou eslavos, que se estabeleceram na Finlândia entre 1800 e 1910. Hoje, eles são geralmente bilíngues russo / finlandês ou russo / sueco. Eles estão localizados principalmente em Helsinque e em direção a Hamina .

Línguas maternas na Finlândia
em
Classificação Língua % #
1 finlandês 88,98 4 868 751
2 sueco 5,31 290 747
3 Sami 0,04 1.949
- Línguas estrangeiras 5,67 310.306
Total 100,00 5.471.753

Religião

Antes da chegada do Cristianismo, a Finlândia foi o berço das crenças animistas e politeístas .

A partir do ano 1000 e da conversão dos reis suecos, o cristianismo começa a aparecer. Ela se desenvolveu sob a pressão de Eric IX da Suécia e do bispo inglês Saint Henri no século XII . Como os países do norte da Europa, a Finlândia se converteu às idéias da Reforma . Em 1634, a filiação à Igreja Luterana tornou-se obrigatória por lei. No entanto, os traços e as crenças da religião pagã subsistem até o XIX th  século no campo.

A Igreja Evangélica Luterana da Finlândia é, em 2019, a principal denominação do país, com 68,7% da população reivindicando esta fé (Igreja do Estado desde 1923). A segunda igreja estatal é a Igreja Ortodoxa da Finlândia, que inclui cerca de 1% dos finlandeses, e também há cerca de 11.000  católicos finlandeses . O Islã se desenvolveu com a imigração (cerca de 160.000 muçulmanos em 2018).

Sistema educacional

A educação é considerada um dos direitos fundamentais de todos os cidadãos finlandeses. Este é o direito de receber o ensino médio (incluindo o ensino médio) gratuitamente. A lei garante este direito a todos os residentes, não apenas aos cidadãos finlandeses.

Crianças na Finlândia que começam a escola aos sete anos “passavam a infância brincando na creche” , eles podem aprender o alfabeto um ano antes de entrar na escola, mas nada é necessário. A educação básica é a educação cultural geral oferecida a todas as faixas etárias. É destinado a crianças do sétimo ao décimo sexto ano. A escola básica, portanto, tem a duração de nove anos e corresponde à conclusão da escolaridade obrigatória. Na educação básica, os grupos são formados por faixas etárias. Durante os primeiros seis anos, geralmente há um diretor que ensina a maioria ou todas as disciplinas. Durante os últimos três anos, o ensino é geralmente feito por disciplinas para que os professores se especializem de acordo com elas. A educação básica também inclui a orientação educacional do aluno e, se necessário, uma educação de apoio específica.

O currículo escolar inclui pelo menos as seguintes disciplinas: língua materna e literatura, segunda língua nacional (sueco ou finlandês, conforme o caso), línguas estrangeiras, conhecimento ambiental, educação cívica, religião ou ética, história, ciências sociais, matemática, física, química , biologia, geografia, educação física e esportes, música, desenho, trabalhos manuais e domésticos. A definição dos objectivos gerais a nível nacional e a atribuição do tempo às diferentes disciplinas ou combinações de disciplinas no ensino e na orientação pedagógica do aluno são da responsabilidade do Governo. A direção nacional da educação define os objetivos particulares e os principais conteúdos da educação ao decidir os fundamentos dos programas escolares. Sobre estas bases, cada estabelecimento determina concretamente, a nível local, o seu programa de ensino. Não há exame no final da escolaridade obrigatória (aos 16 anos ). Repetições e desistências são extremamente raras.

O bacharelado finlandês é chamado Ylioppilastutkinto e é considerado uma verdadeira instituição e um passo importante para a idade adulta. No último ano, as aulas param no final de abril, e os alunos então se dedicam a revisões, não sem ter gratificado os mais jovens com balas de bala e outras balas atiradas de caminhões durante a colorida e alegre viagem da Penkinpainajaiset . Depois do bacharelado, os sortudos ganham o direito de usar o boné branco de solteiro, ou ylioppilaslakki, e inundar os restaurantes das grandes cidades para uma grande festa antes de atacar as revisões para o vestibular, a vida profissional ou um ano sabático ano.

Além disso, a escola é gratuita, com transporte escolar e merenda. Os horários são amenos: o dia começa às 8:00 e termina por volta das 14 horas . A tarde é dedicada a esportes, atividades artísticas, exploração da natureza e quase não há lição de casa em casa. Após o ensino fundamental, os jovens finlandeses podem escolher entre o ensino médio e o ensino médio profissional, que dura cerca de três anos.

A Finlândia é campeã mundial em eficiência do sistema escolar há vários anos. De acordo com a pesquisa PISA sobre o aproveitamento de jovens de 15 anos ( 2000 e 2003 ), a Finlândia realmente lidera em matemática, leitura, ciências e resolução de problemas (Finlândia: segunda posição). Ainda assim, esse país eficiente gasta apenas 6,2% de seu PIB com educação, enquanto a França, por exemplo, gasta 6,9%.

A acreditar nos inquéritos realizados sobre este sucesso, as relações com os professores são muito boas, o clima é menos de repressão do que de autodisciplina. Se um aluno perde o equilíbrio, não há como repetir, professores especializados (2 ou 3 por estabelecimento) vêm ajudar o colega da aula ou dar aulas particulares, conforme necessário. Os professores estão em uma perspectiva de apoio e os textos, a hierarquia, os professores são muito respeitados e sua autoridade reconhecida.

O sistema é totalmente descentralizado. A equipa docente e o director têm uma grande margem de manobra na organização do estabelecimento. A própria escola é responsável pela contratação dos professores. Não há fiscais, mas sim avaliações ministeriais para uso interno. Os professores avaliam uns aos outros. Os municípios financiam os estabelecimentos até 50% do orçamento, sendo o restante financiado pelo Estado.

O ensino superior compreende dois tipos de instituições: universidades e institutos universitários profissionalizados . Para entrar, você deve passar por um concurso. O sistema de ensino superior é altamente descentralizado, com cerca de cinquenta estabelecimentos.

Cultura

A sauna é um componente forte e emblemático da cultura finlandesa. “Sauna” também é uma palavra finlandesa que significa “forno”.

A cultura finlandesa é exclusiva da Finlândia e difere notavelmente das dos países vizinhos. Apesar de um século dentro da Rússia e uma fronteira de mais de mil quilômetros com este país, as influências culturais russas são muito mais fracas do que as influências sueca e alemã. O sentimento de identidade cultural finlandês nasceu no XIX th  século , quando a Finlândia foi parte da Rússia, e que a esquerda nascer, mesmo incentivado, o senso de identidade nacional.

Música

Grande parte da música finlandesa é influenciada pelas melodias e letras da música tradicional da Carélia , expressa pelo Kalevala . A cultura da Carélia é considerada a expressão mais pura dos mitos e crenças da cultura finlandesa e a menos influenciada pela cultura germânica . A música tradicional finlandesa tem passado por um renascimento nas últimas décadas e se tornou um ramo da música popular . Os povos do norte da Finlândia, os Sami, têm sua própria tradição musical  (in) .

Um grande compositor nacional é Jean Sibelius, cuja principal obra Finlandia simboliza melhor o nascimento da identidade nacional finlandesa.

A música popular contemporânea finlandesa inclui uma cena de metal de renome , um fenômeno musical compartilhado com outros países nórdicos . As bandas / artistas mais conhecidos fora das fronteiras são atualmente Stratovarius , Nightwish , Tarja Turunen , Nazarene empalado , Children of Bodom , HIM , Sonata Arctica , Wintersun , Sentenced , Moonsorrow , Ensiferum , Turisas , Korpiklaani , Finntroll , Irmãos Von Hertzen, Apocalyptica , Lordi , Reckless Love  (en) , Santa Cruz, Insomnium e Shiraz Lane  (fi) . Existem também vários grupos de rock , incluindo The Rasmus , conhecido entre outros pelos títulos In The Shadows e No Fear , músicos de jazz e representantes do hip-hop . A música finlandesa também é representada por um grande número de artistas da música clássica. Hoje, o grupo Värttinä está na vanguarda da música folclórica finlandesa.

Literatura

Literatura finlandesa refere-se à literatura escrita na Finlândia. No início medieval Europa, o texto mais antigo em finlandês é a carta na casca de vidoeiro n o  92  (em) de Novgorod , que data do XIII th  século. Os primeiros textos na Finlândia são escritos em sueco ou latim, durante a Idade Média (por volta de 1200 a 1523). A Literatura finlandesa desenvolve-se lentamente, a partir do XVI th  século, depois que o bispo e reformador luterano finlandês Mikael Agricola (1510-1557) tinha fundado o finlandês escrito. Ele traduziu o Novo Testamento para esta língua em 1548.

No início do XIX °  século, a Finlândia ficou sob domínio russo e a ascensão do nacionalismo é refletida e é favorecido pela atividade literária, que incide sobre o folclore da Finlândia. A maioria das obras importantes da época, escritas em sueco ou cada vez mais em finlandês, giram em torno da aquisição ou manutenção de uma forte identidade finlandesa , como o carelianismo . Milhares de poemas folclóricos são coletados em Suomen kansan vanhat runot  (en) (em francês  : os poemas antigos do povo finlandês). A coleção de poesia mais famosa é o Kalevala , publicado em 1835. O primeiro romance publicado em finlandês é Les Sept Frères  (en) (1870) de Aleksis Kivi (1834-1872). O livro Sainte Misère (1919) de Frans Emil Sillanpää (1888-1964) lhe rendeu o primeiro Prêmio Nobel de Literatura da Finlândia em 1939.

Outros autores notáveis ​​são Väinö Linna , Eino Leino e Johannes Linnankoski .

Tove Jansson é conhecida por seus livros infantis ilustrados, Moomins . Fingerpori  (en) é uma história em quadrinhos criada pelo autor finlandês Pertti Jarla  (en) com o personagem central Heimo Vesa .

Cinema

Os diretores finlandeses mais famosos são Aki Kaurismäki , Mika Kaurismäki e Timo Koivusalo . O diretor e produtor de Hollywood Renny Harlin também é finlandês e nasceu na Finlândia.

Cozinhou

Para marcar o 100 º  aniversário da independência do país, a votação foi realizada para determinar a comida finlandesa nacional. A escolha dos cidadãos recaiu sobre o pão de centeio.

Karjalanpiirakka , uma pastelaria tradicional finlandesa.

A cozinha tradicional finlandesa foi fortemente influenciada pelas culinárias sueca, alemã e russa. Existem, no entanto, diferenças e singularidades. Por exemplo, os pratos finlandeses tendem a ser menos doces do que os suecos, e os finlandeses usam menos creme de smetana do que seus vizinhos russos. Antigamente, a culinária finlandesa variava de região para região e diferia acentuadamente entre o oeste e o leste da Finlândia.

O pequeno-almoço tradicional, muito substancial, é uma verdadeira refeição. O almoço , uma refeição bastante leve, rápido e formal, geralmente é consumido em torno de 11  h  30 , "onde é" ou para aqueles que trabalho: no local de trabalho ou em uma cantina . O jantar é servido entre as 17 e as 18  horas , em casa.

Feriados e celebrações

Feriados e feriados
Datado Nome francês Nome local Observações
Dia de Ano Novo Uudenvuodenpäivä
Epifania Loppiainen
variável Boa sexta-feira Pitkäperjantai
variável Segunda-feira de páscoa Pääsiäispäivä Segunda-feira a seguir ao Domingo de Páscoa .
Dia de trabalho Vappu Vappu é o festival da primavera e do estudante que celebra o final do ano e sua formatura. O festival começa em 30 de abril à noite e é geralmente muito diluídas até o 1 st de maio, mas os estudantes estão começando a celebrar uma quinzena antes.
Quinta-feira 40 dias depois da páscoa Ascensão Helatorstai
Sábado entre 20 e 26 de junho Saint Jean Juhannus Celebrado tradicionalmente no campo. A bandeira finlandesa é hasteada em todo o país (todos os edifícios públicos e privados estão equipados com mastros de bandeira). Os fogos do Solstício de Verão levam à construção de torres de madeira (peças, troncos, ramos montados) cujo incêndio pode ser visível à distância.
variável Toussaint Pyhäinmiestenpäivä Ocorre uma semana após o Dia de Todos os Santos na França .
Dia da Independência Itsenäisyyspäivä Feriado nacional relembrando o acesso à independência de .
Natal Joulupäivä
Saint Etienne Tapaninpäivä Dia de Santo Estêvão , o primeiro mártir.

Esporte

O esporte é um passatempo nacional na Finlândia e muitos finlandeses participam regularmente de competições esportivas. O esporte nacional é o pesäpallo , próximo ao beisebol , mas os esportes mais populares para o público e a cobertura da mídia são o hóquei no gelo e a Fórmula 1 . O futebol é muito popular na Finlândia com o famoso Jari Litmanen , apelidado de "o Rei" na Finlândia. A seleção nacional se classificou para o Campeonato Europeu de Futebol de 2020 , a primeira grande competição de sua história.

A Finlândia é o berço de quatro campeões mundiais de Fórmula 1, Keke Rosberg (1982), Mika Häkkinen (1998 e 1999), Kimi Räikkönen (2007) e Nico Rosberg (2016) e dois outros pilotos, Heikki Kovalainen (uma vitória) e Valtteri Bottas (oito vitórias), que são vencedores do GP de F1. A Finlândia também deu à luz grandes campeões de rally , como Ari Vatanen , Hannu Mikkola , Juha Kankkunen , Tommi Mäkinen , Marcus Grönholm , Jari-Matti Latvala e Kimi Räikkönen  ; o jogador de hóquei Saku Koivu , ex-capitão do Montreal Canadiens e ex-jogador do Anaheim Ducks , que agora está aposentado; Teemu Selänne , que ganhou a Stanley Cup com o Anaheim Ducks em 2007; Tuukka Rask , que ganhou a Stanley Cup em 2011 com o Boston Bruins; Jari Kurri é cinco vezes campeão da Stanley Cup , jogando 21 temporadas na NHL com cinco times diferentes. Em Edmonton, ele jogou na mesma linha que Wayne Gretzky , e a dupla se tornou uma das duplas de pontuação mais prolíficas já disputadas na NHL . A Finlândia também tem algumas equipes de patinação no gelo sincronizadas muito boas e um biatleta de ponta na década de 2010: Kaisa Mäkäräinen .

Entre os atletas finlandeses mais famosos do passado estão Hannes Kolehmainen (1890-1966), Paavo Nurmi (1897-1973) e Ville Ritola (1896-1982), que conquistaram 25 medalhas olímpicas de corrida. Eles são considerados os primeiros de uma geração de grandes corredores finlandeses de longa distância, apelidados de “  Finlandeses Voadores  ”. Outro corredor de longa distância, Lasse Virén ( n.1949 ), ganhou quatro medalhas de ouro nas Olimpíadas de 1972 e 1976. Não é incomum ver um finlandês esquiar duas horas depois do trabalho.

No remo, Pertti Karppinen é tricampeã olímpica no skiff simples em 1976, 1980 e 1984. É um dos maiores campeões de remo XX th  século.

Saúde: “exceção finlandesa”

Se a Finlândia não está entre os primeiros países com a média de vida (Japão e Suíça estão hoje no topo do ranking), ela está melhor posicionada do que a França para as chances de chegar aos 35 anos de boa saúde .

No campo do câncer, falamos até de uma "exceção finlandesa" para descrever o seguinte fenômeno: oncologistas e urologistas relatam e medem uma frequência aumentada de câncer testicular em todo o mundo (pelo menos onde houver registros de câncer)., E especialmente em países ricos onde as populações de pele branca dominam, especialmente no início dos anos 1990 na Europa). No entanto, por razões ainda não explicadas, Finlândia parece ser o único país poupado por este fenómeno, embora vizinha Dinamarca parece ser o país mais afetado do mundo, com taxas de câncer de quatro vezes maior do que na Finlândia. É separada apenas pelo Báltico  ; A Finlândia é considerada o país menos afetado (seguido) do mundo, e a qualidade do esperma ali também parece ser a melhor. Numerosas indicações defendem causas ambientais e especialmente para câncer infantil, exposição a desreguladores endócrinos ou a produtos cancerígenos no útero . Neste último caso, esse câncer é parte da síndrome da disgenesia testicular que inexplicavelmente não parece existir na Finlândia.

O termo herança finlandesa se aplica a um grupo de doenças genéticas cuja prevalência é particularmente alta na Finlândia.

Símbolos

A bandeira da Finlândia, uma cruz escandinava azul sobre fundo branco, data de 1918. O brasão é mais antigo, data de 1557.

O país também adquiriu, após pesquisas com sua população, sete símbolos adicionais:

Vários conceitos culturais

Vários

Notas e referências

  1. (em) estatísticas populacionais preliminares 2018, Novembro  " em stat.fi .
  2. (em) Relatórios de Desenvolvimento Humano  " em hdr.undp.org (acessado em 6 de outubro de 2018 ) .
  3. Antes de 2002 , a moeda era o marco finlandês .
  4. (em) O Índice de Prosperidade Legatum de 2009 .
  5. Télérama , Como a Noruega quase deu à Finlândia uma montanha no seu aniversário  " ,(acessado em 11 de novembro de 2017 ) .
  6. Michel Cabouret, Finlândia , Paris, Karthala, 497  p. ( ISBN  978-2-84586-665-2 e 2-84586-665-8 , lido on-line ) , p.  15.
  7. (in) Industrial Minerals and Rocks  " , em en.gtk.fi (acessado em 5 de fevereiro de 2019 ) .
  8. “  Virtual Finland: Die Natur und Landschaft Finnlands  ” ( ArquivowikiwixArchive.isGoogleO que fazer ) .
  9. (Fi) Suomen riistakeskus  " , em Suomen riistakeskus (acessado em 27 de agosto de 2020 ).
  10. (de) Ekkehard Militz , Finnland , p.  67.
  11. (De) Das finnische Institut für Waldforschung - Finlândia: Europas waldreichstes Land  " , em www.metla.fi (acessado em 9 de março de 2019 ) .
  12. (in) borealforest.org: Finlândia - Florestas e Silvicultura .
  13. Situação em 2004, fonte: Institute for Game and Fisheries Research (in Finnish)  " ( ArquivoWikiwixArchive.isGoogleO que fazer ) .
  14. (em) Barómetro Natura 2000  " , sobre a Agência Europeia do Ambiente (acesso em 21 de dezembro de 2018 ) .
  15. [1] "Cópia arquivada" (versão datada de 7 de junho de 2018 no Internet Archive ) .
  16. “  http://www.suomenpankki.fi/fi/tilastot/indikaattorit/Pages/tilastot_indikaattorit_tyottomyysaste_chrt_fi.aspx  ” ( ArquivoWikiwixArchive.isGoogleO que fazer ) .
  17. Os finlandeses relutam no plano de recuperação europeu  ", Le Monde.fr ,( leia online , consultado em 9 de fevereiro de 2021 )
  18. O país desenvolvido onde as desigualdades de renda mais aumentaram é ...  " , no La Tribune ,(acessado em 24 de novembro de 2019 ) .
  19. Hoje a economia - a Finlândia está experimentando compressão de salários  " , no RFI ,(acessado em 24 de novembro de 2019 ) .
  20. Michel Cabouret , "  A delimitação das fronteiras terrestres no norte da Escandinávia e na Finlândia  ", Norois , vol.  130, n o  1,, p.  137-150 ( DOI  10.3406 / noroi.1986.4300 , ler online , acessado em 30 de janeiro de 2019 ).
  21. Maurice Carrez, "O Grão-Ducado do" Finlândia "na primeira metade do XIX °  século: a gênese laboriosa de uma identidade nacional e um espaço" em culturas comunistas no século XX. Entre a guerra e a modernidade ,( ISBN  978-2843030673 , apresentação online ) , p.  15-30.
  22. (em) Estatísticas da Finlândia, Estrutura da população da Finlândia  " (acesso em 30 de agosto de 2020 ) .
  23. (em) Markus Rapo, Statistics Finland  " em www.stat.fi (acessado em 9 de março de 2019 ) .
  24. (em) Número anual de indivíduos que se identificam como muçulmanos na Finlândia de 2008 a 2018  " , no Statista (acessado em 13 de novembro de 2020 ) .
  25. http://www.ylioppilastutkinto.fi/fr/index.html .
  26. "Cópia arquivada" (versão de 7 de junho de 2018 no Internet Archive ) .
  27. (fi) miriamas , Penkinpainajaiset  " , no YouTube ,.
  28. http://www.ylioppilastutkinto.fi/fi/index.html .
  29. Pisa: Programa da OCDE para Avaliação Internacional de Alunos .
  30. Escola: Christiane Durand, “La leçon finlandaise”, Le Nouvel Observateur, 23 de fevereiro de 2005.
  31. Christiane Durand, "  The Finnish Lesson  ", Le Nouvel Observateur ,.
  32. (in) Simo Heininen e Roderick Fletcher, Agricola, Mikael (1510-1557)  " , em kansallisbiografia.fi (acessado em 3 de novembro de 2017 ) .
  33. Aleksis Kivi ( traduzido  do finlandês), Les Sept Frères [“  Seitsemän veljestä  ”], Paris, Stock, col.  "Cosmopolitan Library",, 255  p. ( ISBN  2-234-01832-3 ).
  34. Publicado em francês com o título Sainte Misère , traduzido por Jean-Louis Perret, Paris, Rieder, 1928; reimpressão, Paris, Presses du Compagnonnage, Coleção do Prêmio Nobel de Literatura, 1963, com um aparato crítico.
  35. (en-US) “  Suomi 100 - A comida nacional da Finlândia é pão de centeio  ” , em suomifinland100.fi (acessado em 27 de fevereiro de 2017 ) .
  36. Claudine Goldgewicht, "  Alterações reprodutivas em humanos: uma revisão dos argumentos clínicos *  ", Environment, Risks & Health ,( leia online , consultado em 9 de março de 2019 ).
  37. Câncer, abordagem metodológica da relação com o meio ambiente , Ed. INSERM, perícia coletiva 2005, 92 p. ( Comunicado de imprensa , consultado em 04/10/2008).
  38. Departamento de Comunicação - Ministério dos Negócios Estrangeiros da Finlândia, "  Sete emblemas nacionais finlandeses - isto é FINLÂNDIA  ", isto é FINLÂNDIA ,( leia online , consultado em 31 de janeiro de 2018 ).
  39. Laurence Graillot, "  Uma abordagem ao fenômeno da hiperrealidade a partir dos estudos dos parques da Disney  ", Décisions Marketing , n o  34,, p.  43-44 ( ler online , consultado em 24 de dezembro de 2016 ).
  40. Marc Lohez, "  Pai Natal, planejador do Extremo Norte  ", Metropolítica ,( leia online , consultado em 24 de dezembro de 2016 ).
  41. (em) Estatísticas de uso e população da Internet na União Europeia  " em internetworldstats.com (acessado em 7 de setembro de 2018 ) .

Veja também

Artigos relacionados

links externos

Esperamos que as informações que coletamos sobre Finlândia tenham sido úteis para você. Se for o caso, não se esqueça de nos recomendar a seus amigos e familiares, e lembre-se que você pode sempre nos contatar se precisar de nós. Se, apesar de nossos melhores esforços, você acha que o que fornecemos sobre _título não é totalmente exato ou que devemos acrescentar ou corrigir algo, ficaríamos gratos se você nos avisasse. Fornecer as melhores e mais completas informações sobre Finlândia e qualquer outro assunto é a essência deste website; somos movidos pelo mesmo espírito que inspirou os criadores do Projeto Enciclopédia, e por esta razão esperamos que o que você encontrou sobre Finlândia neste website o tenha ajudado a expandir seu conhecimento.

Opiniones de nuestros usuarios

Fabio Mendes

As informações fornecidas sobre Finlândia são verdadeiras e muito úteis. Bom.

Joao Das Chagas

Muito interessante este post sobre Finlândia.

Rosa Franco

Precisava encontrar algo diferente sobre Finlândia, que não era o típico que se lê sempre na internet e gostei deste artigo de Finlândia.